18 de setembro de 2019

Rede Promover Vida realiza 8º Encontro por uma Cultura de Paz e 3º Simpósio Regional de Prevenção e Posvenção do Suicídio, dias 24 e 25

Rede Promover Vida realiza 8º Encontro por uma Cultura de Paz e 3º Simpósio Regional de Prevenção e Posvenção do Suicídio, dias 24 e 25
Foto - Programação conta com palestras, roda de conversa, oficinas, minicurso e apresentação de trabalhos em formato de pôster. Foto - Priscila Caldeira.

Eventos gratuitos, no Câmpus II da UniFAI, objetivam a promoção da saúde, a troca de experiências e aprimoramento de ações

A Rede Promover Vida, da qual o Núcleo de Psicologia do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), é membro e articulador e às pró-reitorias de Ensino, Pesquisa e Pós-Graduação e Extensão do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), realizam nos dias 24 e 25, o 8º Encontro por uma Cultura de Paz e 3º Simpósio Regional de Prevenção e Posvenção do Suicídio.

No auditório Miguel Reale e salas dos blocos I e III do Câmpus II, a programação gratuita conta com palestras, roda de conversa, oficinas, minicurso e apresentação de trabalhos em formato pôster.

“Este encontro pretende, além de promover formação humana para lidar com situações envolvendo comportamento suicida e promoção de saúde, trocar experiências (práticas e pesquisas) e fortalecer a implantação e/ou aprimoramento de ações nas políticas públicas, entre outras possibilidades de intervenção”, afirmou a coordenadora do Núcleo de Psicologia da UniFAI, membro e articuladora da Rede Promover Vida, Profª Me. Ana Vitória Salimon Carlos dos Santos.

As inscrições antecipadas se encerram nesta quinta-feira, 19. Mais informações e inscriç

ões estão disponíveis em unifai.com.br/eventos/simposioprevsuicidio/index.php.
Já os trabalhos (práticas e pesquisas) devem ser enviados para o e-mail: [email protected]

A Rede Promover Vida, iniciada embrionariamente em 2007 a partir de estágio de Psicologia da UniFAI, em parceria com a Secretaria de Saúde e a Santa Casa de Adamantina, atua na promoção de saúde, prevenção do suicídio e outras violências.

 

Por Priscila Caldeira

Compartilhe esta notícia