5 de outubro de 2021

Prefeitura de Adamantina pede a colaboração da população na separação do lixo para coleta seletiva

Prefeitura de Adamantina pede a colaboração da população na separação do lixo para coleta seletiva
Em paralelo a essa ação, encontra-se em fase final a aquisição dos equipamentos que serão usados pela cooperativa de catadores

Prefeitura de Adamantina, por meio da Secretaria de Obras, executa todos os dias a coleta de lixo reciclável em diferentes pontos da cidade. Essa ação é fundamental para o meio ambiente, porque por meio dela, há economia de energia, o lixo ganha destinação adequada e o uso de matéria-prima diminui.

 

A separação e prensagem dos materiais são executadas por funcionários públicos municipais. A venda dos materiais é realizada pela Prefeitura e os recursos financeiros entram como receita aos cofres públicos.

 

A ação que é simples requer dos moradores apenas a separação do lixo orgânico e do lixo reciclável. O que é o lixo orgânico? Toda sobra de alimentos, cascas de legumes e frutas.

 

E o lixo reciclável? Jornais, revistas, papelão, PET, embalagens de limpeza, latinhas, produtos eletroeletrônicos e seus componentes, embalagens de leite e outros. Além de separar, essas embalagens destinadas à reciclagem podem ser lavadas, pois essa ação simples evita a presença de insetos.

 

Fique atento aos dias de coleta no seu bairro. Sua participação é fundamental nesta ação que estimula o emprego e a renda, além de promover importante ação ambiental na preservação do meio ambiente.

 

A Secretaria de Obras está entregando panfletos com orientações sobre a coleta em cada uma das regiões da cidade. No site, na aba “Programas Ambientais” é possível encontrar o mapa.

 

Cooperativa de Catadores

A cooperativa de catadores de materiais recicláveis está em fase final de formação. Serão beneficiadas com a ação, 15 famílias. O processo licitatório para aquisição dos equipamentos está em execução.

 

Barracão que abrigará a cooperativa

No final de agosto, as obras foram concluídas no barracão que abrigará a cooperativa de catadores de materiais recicláveis.

 

O investimento para a execução da obra foi de R$681.824,43 sendo R$ 632.391,10 de uma ação de amparo do Acordo Judicial de Compensação entre o Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) e a Companhia Energética de São Paulo (CESP) e a contrapartida da Prefeitura de Adamantina de R$49.433,33.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

 

 

Compartilhe esta notícia