26 de julho de 2017

I Jornada Acadêmica de Medicina debate assuntos da saúde regional nos dias 4 e 5 de agosto

I Jornada Acadêmica de Medicina debate assuntos da saúde regional nos dias 4 e 5 de agosto

Marcada para os dias 4 e 5 de agosto, sexta e sábado respectivamente, a I Jornada Acadêmica de Medicina do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) pretende reunir alunos e profissionais de diversas áreas da Saúde e debater o tema “Novos horizontes da Medicina no Oeste Paulista”.

Organizado pelo Centro Acadêmico “Dr. César Marinho” (CADCM), o evento conta com o apoio da UniFAI e do Diretório Central de Estudantes (DCE) da Instituição.

“Essa Jornada representa um marco para o curso, por ser a primeira, e o objetivo dela é trazer o conhecimento de várias áreas da Saúde para os acadêmicos tanto de Medicina quanto de outros cursos e levar o nome da UniFAI também para outras Instituições de Ensino”, destacou o presidente da I Jornada Acadêmica de Medicina, Caio Winch Janeiro, aluno do 5º termo do curso, ao mencionar que o aluno participante poderá escolher, no sábado, um módulo para aprofundar o conhecimento sobre um tema específico.

As vagas são limitadas e as inscrições custam R$ 40 para os primeiros 150 inscritos, sendo R$ 50 para o restante de vagas e R$ 70 para inscrições na hora, caso ainda haja vagas. Mais informações e confirmação das inscrições podem ser obtidas com Isabela Travizi pelo telefone (18) 99705-9050.

Programação

A I Jornada Acadêmica de Medicina da UniFAI tem início na sexta-feira, 4, no Auditório Miguel Reale, no Câmpus II. Das 13h às 14 horas será feita a confirmação das inscrições e entrega do material e, na sequência, das 14h às 14h30, a abertura oficial.

Para o dia 4 estão previstas quatro palestras com a participação de diversos profissionais. Das 14h30 às 15h10, o Prof. Dr. Alfredo Luiz Jacomo, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP-SP) abordará “O impacto da anatomia nas especialidades médicas”. Logo após, haverá o momento das perguntas e da discussão do tema.

Entre as 15h45 e as 16h25, o Dr. Antonio Onimaru, coordenador-geral do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) falará sobre as “Perspectivas atuais no atendimento pré-hospitalar”, sendo seguido pelo momento de perguntas e discussão do tema até as 16h45.

No período noturno, das 19h30 às 20h10, o Prof. Dr. Murched Omar Taha, da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp/EPM), discorrerá sobre a “Importância da Iniciação Científica no curso de Medicina”, também seguido por perguntas e discussão.

Por último, a partir das 20h45, a Dra. Kátia Burle dos Santos Guimarães, conselheira do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), exporá sobre o “Estresse no estudante de Medicina”, igualmente seguida de perguntas e discussões.

O encerramento do primeiro dia do evento contará com a entrega de certificados aos participantes.

Segundo dia

O sábado, 5, será marcado pela realização de dez módulos de estudos de assuntos específicos das 8h às 12 horas, com intervalo das 10h às 10h30. Durante a inscrição, o interessado deve optar por um dos módulos disponíveis para participação.

Os módulos são: Medicina Baseada em Evidências (MBE), a ser ministrada pela Prof.ª Dra. Maria Eduarda dos Santos; Língua Brasileira de Sinais (Libras), conduzida pelo Prof. Luciano Coelho Romera; Diagnóstico de Cardiopatias Congênitas Intraútero e Pós-Parto: Uso do Ultrassom, com o Dr. Carlos Henrique de Marchi; Saúde do Médico e do Estudante de Medicina, com a Prof.ª Dra. Valéria Petri; Psicopatia e Vida em Sociedade, com a Dra. Daniela de Oliveira Guidini; A Formação do Médico Dermatologista – Micoses Superficiais, com o Prof. Dr. Miguel Ângelo de Marchi; Saúde da Mulher, com a Dra. Elza Tiemi Yamashiro; Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS), com o Prof. Dr. Rogério Ivan Borghesi Bravo; Diagnóstico e Prevenção das Principais Neoplasias do Trato Digestório, com o Dr. Emiliano de Carvalho Almodova; e Transtornos Invasivos do Desenvolvimento, com o Prof. Me. César Antônio Franco Marinho.

“Agradecemos ao Prof. Dr. Miguel [Ângelo De Marchi, chefe da Divisão de Medicina] e Prof. Me. César [Marinho, coordenador do curso de Medicina] que deram apoio total e ajudaram na organização dessa I Jornada”, finalizou Janeiro.

Compartilhe esta notícia